Need help? Chat now!

Hostwinds Tutoriais

Resultados da busca por:


Como tornar um script executável para outros usuários no Linux

Tag Linux 

Se você tiver um servidor Linux com vários usuários, há alguns casos que você escreveu um script / ferramenta personalizado que deseja disponibilizar para outros usuários. Você precisa colocar o script em um local que todos os usuários tenham acesso e defina as permissões de script para permitir a leitura e execução pelos usuários que você deseja executar o script.

Para este guia, vamos ter um script de exemplo chamado Hello.sh, que diz olá ao usuário que corria:

#!/bin/bash
echo "Hello $USER!"

Nota: Os comandos a seguir precisariam ser executados como usuário root ou usando o comando sudo.

Em quase todas as distribuições do Linux, o diretório / USR / local / bin é um local que pode ser usado para disponibilizar quaisquer arquivos executáveis para todos os usuários, pois esse diretório faz parte do caminho do usuário.

Primeiro: Basta copiar seu script para / usr / local / bin:

cp /path/to/hello.sh /usr/local/bin

Segundo: Opcionalmente, você pode alterar a propriedade do arquivo para limitar quem pode executar este script com mais segurança. Por exemplo, você pode alterar o proprietário do arquivo para root para que apenas root possam editar o arquivo e alterar o grupo para o arquivo para restringir a ser capaz de executar o script para membros desse grupo.

Como exemplo, isso muda a propriedade para root, com o grupo 'olá':

chown root:hello /usr/local/bin/hello.sh

Terceiro: Altere as permissões do arquivo para permitir que apenas o proprietário o edite e seja seu grupo ou a todos para visualizar e executá-lo.

Para permitir que apenas os membros do grupo 'Hello' especificado na etapa 2 seja capaz de executar o arquivo, defina as permissões do script para 750:

chmod 750 /usr/local/bin/hello.sh

Para permitir que alguém seja capaz de executar o script, defina as permissões do script para 755:

chmod 755 /usr/local/bin/hello.sh

Agora os usuários poderão executar o script simplesmente executando o Hello.sh:

hello.sh
Hello user!

Escrito por David Hamilton  /  setembro 24, 2019