Need help? Chat now!

Hostwinds Tutoriais

Resultados da busca por:


Índice


prompts indicam algo que deve ser inserido na linha de comando do Bash, > os prompts estão dentro do próprio MySQL.
Tarefas comuns do MySQL feitas por meio da linha de comando
Faça login no banco de dados MySQL
Redefina sua senha do MySQL
Liste seus bancos de dados
Interruptor de banco de dados com o comando 'use':
O comando 'Show' também é usado para listar as tabelas em um banco de dados:
Sempre faça um backup antes de fazer qualquer alteração
Exemplo: redefinindo a senha de administrador do WordPress

Como usar MySQL / MariaDB na linha de comando

Tag MySQL 

prompts indicam algo que deve ser inserido na linha de comando do Bash, > os prompts estão dentro do próprio MySQL.
Tarefas comuns do MySQL feitas por meio da linha de comando
Faça login no banco de dados MySQL
Redefina sua senha do MySQL
Liste seus bancos de dados
Interruptor de banco de dados com o comando 'use':
O comando 'Show' também é usado para listar as tabelas em um banco de dados:
Sempre faça um backup antes de fazer qualquer alteração
Exemplo: redefinindo a senha de administrador do WordPress

Enquanto ferramentas como o PhpMyAdmin interagir com bancos de dados MySQL / MariaDb com muita facilidade, às vezes é preciso acessar o banco de dados diretamente da linha de comando. Este artigo vai tocar em entrar em um banco de dados e algumas tarefas comuns, mas não fornecerá uma educação completa na sintaxe do SQL, gerenciamento de banco de dados ou outros tópicos de alto nível. Os exemplos neste guia são para CentOS 7 e Mariadb, conforme incluído na nossa imagem do WordPress VPS, mas deve trabalhar em nossos cpanel vposos, pilha de lâmpadas e outros. Esta página assume que você tem Conectado ao seu servidor com SSH.

prompts indicam algo que deve ser inserido na linha de comando do Bash, > os prompts estão dentro do próprio MySQL.

Tarefas comuns do MySQL feitas por meio da linha de comando

Faça login no banco de dados MySQL

Para efetuar login no banco de dados como usuário raiz, use o seguinte comando:

mysql -u root -p

Digite a senha do root.

Redefina sua senha do MySQL

No CentOS 7:

systemctl stop mariadb
mysqld_safe --skip-grant-tables --skip-networking &
MySQL -u root

Plajection usa mysql;Atualizar Password Set do usuário = Senha ("InsertPasswordhere") onde usuário = 'root';onde 'insertasswordhere' é um privilégio de descarga de senha real;saída

systemctl stop mariadb
systemctl start mariadb

(Outras distros do Linux baseado em Systemd podem ter comandos semelhantes, dependendo se eles executam o MySQL real ou o MariaDB; outros sistemas init serão diferentes)

Depois de executar o comando abaixo e digite sua senha, você será apresentado com um prompt que informa o programa realmente em execução (MariaDB) e o banco de dados é usado:

mysql -u root -p 
MariaDB [(none)]>

Liste seus bancos de dados

Emitir os bancos de dados Mostrar; comando, como visto abaixo, para ver todos os bancos de dados. Um exemplo é mostrado abaixo:

MariaDB [(none)]> show databases;
+--------------------+
| Database |
+--------------------+
| information_schema |
| MySQL |
| performance_schema |
| tutorials |
+--------------------+
4 rows in set (0.00 sec)

Interruptor de banco de dados com o comando 'use':

MariaDB [(none)]> use tutorials;
Database changed
MariaDB [tutorials]>

O comando 'Show' também é usado para listar as tabelas em um banco de dados:

MariaDB [mysql]> show tables;
+---------------------------+
| Tables_in_mysql |
+---------------------------+
| columns_priv |
| db |
| event |
| func |
| general_log |
| help_category |

Sempre faça um backup antes de fazer qualquer alteração

Usar mysqldump Para fazer um backup do seu banco de dados antes de continuar com este guia é altamente recomendável.

mysqldump database name > databasebackup.sql

Substitua o nome do banco de dados pelo seu nome de banco de dados real e backup do banco de dados com o nome do arquivo que você gostaria de criar e acabar com .SQL. como o tipo de arquivo para salvar seu banco de dados. Isso permitirá que você restaurar bancos de dados MySQL usando mysqldump deste arquivo de backup a qualquer momento.

Recomendamos que você execute este comando em um diretório que não seja acessível publicamente para que seu banco de dados não possa ser baixado da sua conta sem fazer login na linha de comando ou no FTP. Certifique-se de alterar seu diretório para /raiz ou /casa ou outro local em seu sistema de arquivos que requer credenciais adequadas.

Exemplo: redefinindo a senha de administrador do WordPress

Consulte as instruções acima sobre como fazer um backup de seu banco de dados antes de continuar.

Step One: Você deve saber qual banco de dados, nome de usuário e senha estão sendo usados pela instalação do WordPress. Eles estão em wp-config.php no diretório raiz da sua instalação do WordPress como DB_NAME, DB_USER e DB_PASSWORD:

// ** MySQL settings ** //
/** The name of the database for WordPress */
define( 'DB_NAME', 'appdb' );
/** MySQL database username */
define( 'DB_USER', 'appdb_user' );
/** MySQL database password */
define( 'DB_PASSWORD', '...' );

Passo dois: Com essas informações, você pode adaptar as instruções de Como redefinir a senha de administrador do WordPress e faça o mesmo na linha de comando:

mysql -u appdb_user -p
Enter password:
Welcome to the MariaDB monitor. Commands end with; or \g

.....

MariaDB [(nenhum)]>

Passo três: Mude para o banco de dados appdb:

MariaDB [(none)]> use appdb
Reading table information for completion of table and column names
You can turn off this feature to get a quicker startup with -A

Banco de dados alterado

Quarto Passo: e mostrar as tabelas:

MariaDB [appdb]> show tables;
+-----------------------+
| Tables_in_appdb    |
+-----------------------+
| wp_commentmeta  |
| wp_comments         |
| wp_links |
| wp_options |
| wp_postmeta |
| wp_posts |
| wp_term_relationships |
| wp_term_taxonomy |
| wp_termmeta |
| wp_terms |
| wp_usermeta |
| wp_users |
+-----------------------+
12 rows in set (0.00 sec)
MariaDB [appdb]>

Quinto passo: Em seguida, podemos selecionar User_Login e User_Pass na tabela WP_Users para ver qual linha estaremos atualizando:

MariaDB [appdb]> SELECT user_login,user_pass FROM wp_users;
+--------------+------------------------------------+
| user_login | user_pass |
+--------------+------------------------------------+
| hstwnd_admin | $P$BMCbERthYHPMJK.do2SUcxjAy567jo0 |
+--------------+------------------------------------+
1 row in set (0.00 sec)

Etapa Seis: O que nos permite definir a nova senha com

MariaDB [appdb]> UPDATE wp_users SET user_pass=MD5('newpassword') WHERE user_login = 'hstwnd_admin';
Query OK, 1 row affected (0.00 sec)
Rows matched: 1 Changed: 1 Warnings: 0

Sétimo passo: E podemos ver o novo hash de senha com o mesmo SELECT novamente

MariaDB [appdb]> SELECT user_login,user_pass FROM wp_users;
+--------------+----------------------------------+
| user_login | user_pass |
+--------------+----------------------------------+
| hstwnd_admin | 5e9d11a14ad1c8dd77e98ef9b53fd1ba |
+--------------+----------------------------------+
1 row in set (0.00 sec)

Para sair, executamos 'quit'

MariaDB [appdb]> quit
Bye

É isso!Sua nova senha de administrador está definida.

Escrito por Hostwinds Team  /  novembro 15, 2018